Estudante paraense é premiada em concurso da OAB Nacional

05e0449d cda7 455e a4d6 bfac129b13efCerimônia de premiação do Concurso Cultural de Redação ocorreu na última segunda-feira (30). Manuela Azevedo conquistou o 2º lugar na Categoria B (15 aos 18 anos), com o tema "Cidadania e Igualdade". Presencialmente, a estudante recebeu o prêmio das mãos do vice-presidente da subseção da OAB de Óbidos, Aucimário Ribeiro dos Santos. Conselheiro seccional e presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente da OAB-PA, Ricardo Melo acompanhou a solenidade virtualmente.

Promovida pela Comissão Nacional de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente do Conselho Federal da OAB, a competição distribuiu certificados e medalhas para os vencedores e contou com a participação de estudantes do ensino fundamental e médio das escolas públicas de todo o país, com idade de 12 anos a 18 anos incompletos. Objetivo é criar um espaço de interlocução entre a OAB e a comunidade estudantil, a partir da compreensão prévia do público infanto-juvenil sobre o tema “Direitos das Crianças, Adolescentes e Juventude”.

A presidente da Comissão Nacional de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente, Glicia Salmeron, destacou a importância de trazer o olhar e o pensamento dos adolescentes sobre eles mesmos. “Eu já falava lá atrás da importância da nossa instituição dar atenção a essa pauta, trazendo adolescentes para participar diretamente e institucionalmente, trazendo para a OAB o seu pensar. Essas redações foram lidas, avaliadas e classificadas por colegas nossos conselheiros e conselheiras federais, e tenho certeza que isso marcou muito para eles. Perceberam a importância de trazer, para dentro da OAB, o olhar de protagonista das crianças e dos adolescentes”, afirmou a presidente da comissão.

Os trabalhos vencedores abordaram como tema central “Protagonismo juvenil e os 30 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente - perspectiva transversal do universo de proteção integral e da democracia no olhar dos adolescentes”, sob a perspectiva de temas específicos: Cidadania e Igualdade; Gênero e Violência Doméstica; Meio Ambiente; Liberdade e Intolerância Religiosa; e Família, Pessoa com Deficiência e Idoso.

Confira os autores premiados!

Categoria A (de 12 a 14 anos): Pâmela da Silva, Maranguape (CE) - "Liberdade e Intolerância Religiosa" (1º lugar), Leila Rodrigues, Engenheiro Coelho (SP) - "Cidadania e Igualdade" (2º lugar), Ayana Silva Paiva, Belo Horizonte (MG) - "Gênero e Violência Doméstica" (3º lugar), Francisco Pedro Lima, Maranguape (CE) - "Cidadania e Igualdade" (4º lugar), e Cibele Sousa, Aiuaba (CE) - "Gênero e Violência Doméstica" (5º lugar).

Categoria B (de 15 a 18 anos): Estêvão de Moraes, São Bento do Una (PE) - "Liberdade e Intolerância Religiosa" (1º lugar), Manuela Azevedo, Óbidos (PA) - "Cidadania e Igualdade" (2º lugar), Giullia Victória, Itabuna (BA) - "Cidadania e Igualdade" (3º lugar), Vitorya Rachel, João Pessoa (PB) - "Cidadania e Igualdade" (4º lugar), e Alex de Souza, São Pedro da Aldeia (RJ) - "Cidadania e Igualdade" (5º lugar). 

 

 

Subseções

 

Publicações

Links Úteis

 

 

      

   

  

 

 

OAB - SEÇÃO PARÁ

Praça Barão do Rio Branco, 93 - Campina
Belém-PA - CEP 66015060
Fone:(0xx91) 4006-8600
Fax: (0xx91) 4006-8603