IMG 7960Na programação de hoje pela manhã do histórico evento, seis workshops foram realizados no auditório e salas do Centur, que estavam lotados. Conceituados profissionais da nossa região compartilharam conhecimentos e experiências acerca de oratória, gestão de escritório, consultoria jurídica, precificação de honorários, prospecção de clientes e mediação e arbitragem.

Palestrante do workshop de consultora de jurídica, a conselheira seccional Ana Ialis Baretta diz ter ficado muito honrada com o convite da Comissão de Advogados em Início de Carreira e comemorou o sucesso do evento. “Nesse primeiro encontro, o evento está com uma procura muito grande, a sala do workshop estava lotada, o público participou muito, pois fez muitas perguntas”

IMG 7959

A conselheira ressaltou que ao final da palestra “tiveram pedidos de pequenos cursos na OAB, com destaque em consultoria. Isso mostra que foi bem recebido”. Estudante do 3º semestre do curso de Direito da Unama, Pâmela Cunha Lima elogiou o workshop. “Nós adquirimos conhecimento não só de como exercer o papel de consultor, mas também de como valorizar meu trabalho como um consultor e como um jovem advogado recém-formado”.

IMG 7999Secretário-geral da OAB-PA e presidente da Comissão de Defesa de Direitos e Prerrogativas, Eduardo Imbiriba ministrou workshop a respeito de prospecção de clientes, que, segundo ele, “se faz não só através de propaganda midiática”, mas com a conquista de credibilidade. “É o resultado de uma relação profissional. É isso que nós queremos transmitir para os jovens advogados e acadêmicos de Direito, para que eles tenham noção de como é conquistar clientela e progredir dentro da advocacia”.IMG 8010

Formada em Direito pela Universidade Federal do Pará, Karime Morais Correia revelou que o I Encontro Estadual da Jovem Advocacia é a primeira oportunidade de conhecer mais as áreas de atuação. “Esse workshop me deu um pouco mais de referência do que existe na advocacia, de que caminho eu posso seguir. Esse evento vai servir para eu poder encontrar o meu caminho dentro da advocacia”, comentou. “Nós iniciamos na advocacia sem ter um norte, sem saber o caminho que vai seguir. Temos várias afinidades, mas o mais importante é encontrar a nossa especialidade”, concluiu.

IMG 0715

Ao abrir o histórico I Encontro Estadual da Jovem Advocacia, na noite do último dia 17, no auditório do Centur, na capital paraense, o presidente da Ordem no Pará, Alberto Campos, declarou que "a jovem advocacia não é o futuro, mas o presente da OAB-PA". Ainda seu pronunciamento, salientou que a OAB está cada vez mais plural e enfatizou a importância das mulheres advogadas e advogados em início de carreira. “Atualmente, são 7.958 jovens advogados no Pará, o que representa quase 50% dos profissionais em atividade”, informou.

IMG 0788

Presidente da Comissão de Advogados em Início de Carreira, Afonso Furtado revelou que o evento "é a concretização de um sonho". Após agradecer imensamente pelo apoio recebido da Escola Superior e da Caixa de Assistência dos Advogados do Pará para promover o histórico evento, o jovem advogado explicou que a escolha do tema “A inserção da Jovem Advocacia no Mercado de Trabalho” procurou contextualizar as principais dificuldades enfrentadas pelos profissionais que estão no início da carreira.

IMG 0844

Conselheiro federal da OAB e presidente da Comissão Nacional da Jovem Advocacia, Alexandre Mantovani proferiu a palestra "Os desafios da jovem advocacia". Ao abordar o tema “cláusula de barreira” nas eleições da OAB, o advogado defendeu que “ponderações são necessárias, mas é preciso que o assunto seja enfrentado”, complementando que “o legado que a jovem advocacia merece é uma adequação para que tenha voz e vez”.

Mantovani ainda sustentou que o empreendedorismo é uma característica que deve ser buscada e aprimorada pela jovem advocacia. “Sucesso é ter um sonho e lutar muito pela realização desse sonho”, afirmou. Por fim, Alexandre estimulou o investimento constante em qualificação e a interdependência entre os profissionais. “Ao trabalhar com colegas, você consegue se desenvolver melhor”.

IMG 0773

Secretária-geral adjunta da OAB-ES, Érica Ferreira Neves prestigiou a solenidade, além da diretora-geral da ESA, Cristina Lourenço, o presidente da CAA-PA, Oswaldo Coelho, o presidente da subseção de Santarém, Ubirajara Bentes Filho, e diversos membros do Sistema OAB-PA. 

Programação conta com diversas palestras que abordam temáticas relevantes neste momento de grandes reformas no cenário jurídico brasileiro, ministradas por profissionais que atuam em diversas áreas do Direito no Pará e no Brasil. Ao todo, o evento registra mais de 700 inscritos.

 

 

 

IMG 0727

Logo após abrir oficialmente o histórico I Encontro Estadual da Jovem Advocacia, no auditório do Centur, em Belém, na noite do último dia 17, o presidente da OAB-PA, Alberto Campos, assinou o documento que autoriza o início das obras, que fortalece o processo de interiorização da instituição. A subseção abrange ainda os municípios de Abel Figueiredo e Dom Eliseu.

Presidente da subseção da OAB em Rondon do Pará, a advogada Adriana Lopes também assinou o contrato de construção do prédio que abrigará a subseccional. No dia 26 de janeiro deste ano, o presidente esteve no município localizado na região sudeste do estado para lançar a pedra fundamental da sede da OAB.

Para Adriana Lopes, a construção da sede é um sonho que será realizado. “É uma grande luta minha e da advocacia da nossa região, tendo em vista estar no meu terceiro mandato”, destacando que a obra é um compromisso cumprido pela atual gestão junto à advocacia de Rondon do Pará, Dom Eliseu e Abel Figueiredo.

De acordo com a presidente da subseção, a sede irá proporcionar aos advogados maior conforto e melhores condições de trabalho. “Atualmente, funcionamos precariamente em uma sala pequena no interior do Fórum de Rondon do Pará”, comentou. “Na sede, teremos uma sala equipada destinada aos jovens advogados que não dispõem de escritório”, adiantou.

IMG 0494Aberto na manhã desta quinta-feira (17) pelo presidente da Ordem no Pará, Alberto Campos, o histórico evento antecedeu o I Encontro Estadual da Jovem Advocacia e contou com a presença do conselheiro federal da OAB e presidente da Comissão Nacional da Jovem Advocacia, Alexandre Mantovani.

Em seu discurso, o presidente Alberto Campos agradeceu pela presença dos presidentes de comissões da jovem advocacia de subseções do interior que se esforçaram bastante para comparecer ao evento, já que o Pará possui dimensões continentais, bem como antecipou que o colégio abordaria “temáticas difíceis”, mas necessárias.

IMG 0553Presidente da Comissão de Advogados em Início de Carreira, Afonso Furtado também enalteceu o empenho dos presidentes de comissões da jovem advocacia das subseccionais para comparecer na capital paraense a fim de debater temáticas relevantes da classe. “A realização deste colégio é um momento sonhado por mim há dois anos”, resumiu o jovem advogado.

IMG 0535Ao se pronunciar, Alexandre Mantovani classificou o colégio como uma excelente oportunidade para trocar experiências e ressaltou que pelo menos 50% da advocacia brasileira é formada por advogados em início de carreira. “Nossa missão é fiscalizar e implementar o plano nacional de valorização da jovem advocacia brasileira”, pontuou o conselheiro ao se referir ao trabalho desempenhado pela comissão que preside no Conselho Federal da OAB

Além do projeto de piso salarial e valorização dos honorários, o colégio debateu, dentre outros temas, cláusula de barreira, criação do sistema integrado, prerrogativas da jovem advocacia, cursos de qualificação voltados aos jovens advogados em início de carreira e parcerias com empresas e entidades que viabilize descontos que contemplem os jovens advogados.

IMG 0661As deliberações constam na Carta de Belém, documento oficial do evento. Secretário-geral da OAB-PA e presidente da Comissão de Defesa de Direitos e Prerrogativas, Eduardo Imbiriba esteve presente, assim como o presidente da subseção de Santarém, Ubirajara Bentes Filho, e vários membros do Sistema OAB Pará.

Fotos: Yan Fernandes

IMG 0462Hoje pela manhã, o presidente da Ordem no Pará, Alberto Campos, o vice-presidente, Jader Kahwage, e o conselheiro seccional e presidente da Comissão de Direito Sindical, André Serrão, visitaram a obra acompanhados da presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região, a desembargadora Suzy Elizabeth Cavalcante Koury. Integrante da Comissão de Direito Social, a advogada Luciana Passos também compôs a comitiva da instituição.

O futuro prédio do TRT8 deverá ser inaugurado no final mês de junho deste ano. “O novo espaço cedido à OAB-PA para abrigar a Sala da Advocacia é superior ao dobro do que nós possuímos atualmente”, comemorou o presidente Alberto Campos. “Certamente, será mais confortável, terá mais equipamentos e os advogados e advogadas vão poder trabalhar com mais tranqüilidade do que estão trabalhando agora no atual local”, complementou.

IMG 0452A concessão do amplo espaço contempla uma reivindicação recorrente da atual gestão da OAB-PA. “Inicialmente, a ideia era ceder espaço no prédio antigo, mas nós argumentamos que a classe necessitava de local mais adequado no novo prédio, pleito que acabou sendo deferido pela presidente do TRT8”, explicou Campos. Outra demanda atendida pela desembargadora é a disponibilidade de espaço para que advogadas e jurisdicionadas lactantes possam amamentar seus filhos enquanto estiverem no local.

IMG 0466Na oportunidade, os diretores seccionais ainda apresentaram demandas relacionadas à Sala da Advocacia na Vara Trabalhista de Castanhal, conforme pedido encaminhado pelo presidente da subseção daquele município, Raul Castro. “Nós ponderamos que é necessário garantir acessibilidades à Vara, já que a nova sala ficou do lado de fora do prédio. Portanto, precisa dispor de cobertura e passarela para facilitar o acesso ao prédio central, além de som para que os advogadas e advogados ouçam o pregão das audiências”, informou o presidente da OAB-PA.

Fotos: Yan Fernandes

banner prerrogativasAo impetrar mandado de segurança, a OAB-PA obteve a suspensão imediata de ato supostamente praticado pelo Juízo da Vara de Oriximiná, região oeste do Pará. Com isso, assegurou o exercício da profissão de advogada que milita naquele município e manteve o direito exclusivo da instituição de instaurar e adotar medidas punitivas em relação aos seus inscritos, conforme preconiza o artigo 70 do Estatuto da OAB.

O relator do processo referente ao pedido impetrado pela OAB-PA concedeu a liminar ao entender que a decisão proferida pelo magistrado é abusiva e merece ser corrigida, uma vez que usurpou competência atribuída exclusivamente à Ordem e se configurou em grave violação de direitos profissionais. No dia 4 de maio deste ano, o Juízo havia determinado que a advogada estava suspensa do exercício da advocacia por tempo indeterminado.

Em sua decisão, o relator argumentou que a medida (prevista no artigo 319, inciso VI do CPP) não se aplica aos advogados, já que não exercem função pública ou atividade de natureza econômica ou financeira, ressaltando que é necessário conhecer normas que orientam a profissão, principalmente, no que tange à competência da OAB, que, por sua vez possui independência e autonomia para fiscalizar, processar e punir seus inscritos.

 

 

Subseções

 

Publicações

Links Úteis

 volegal

      promad2

   

  

 

 

OAB - SEÇÃO PARÁ

Praça Barão do Rio Branco, 93 - Campina
Belém-PA - CEP 66015060
Fone:(0xx91) 4006-8600
Fax: (0xx91) 4006-8603