Belém (PA) – O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) acompanhará a sessão do júri popular do caso do advogado trabalhista, Fábio Teles dos Santos, assassinado em 21 de julho de 2011. O júri será nos dias 20 e 21 de novembro, no Fórum de Cametá.

O Procurador Nacional Adjunto de Defesa das Prerrogativas, Raul Fonseca Filho, e o presidente da Comissão Nacional de Defesa das Prerrogativas e Valorização da Advocacia do OAB Nacional, Leonardo Accioly, estarão presentes na sessão, que ouvirá os acusados de envolvimento no crime.

Segundo o procurador Nacional de Defesa das Prerrogativas, José Luis Wagner, o caso merece atenção da advocacia nacional. “O colega foi assassinado em função exatamente da forma independente e eficaz com que exercia sua atividade profissional, o que é absolutamente inadmissível numa sociedade moderna e civilizada como deveria ser a nossa."

A Ouvidora Geral, Ivanilda Pontes e o membro da Comissão de Defesa de Direitos e Prerrogativas da OAB-PA, Clodomir Júnior, atuarão como assistentes da promotoria no júri popular.

CASO

Fábio Teles foi assassinado por pistoleiros com nove disparos de arma de foto, três na cabeça, três nas costas e três nas pernas e braços. O suposto mandante foi o empresário mineiro, José Maria Mendes Machado, conhecido como “Zé Maria”. O motivo seria por causa de ações trabalhistas vencidas e ajuizadas contra o empresário.

Fonte: CFOAB e OAB Pará

 

 

Subseções

 

Publicações

Links Úteis

 

 

      

   

  

 

 

OAB - SEÇÃO PARÁ

Praça Barão do Rio Branco, 93 - Campina
Belém-PA - CEP 66015060
Fone:(0xx91) 4006-8600
Fax: (0xx91) 4006-8603